Follow by Email

segunda-feira, 19 de novembro de 2012



Ola meus amigos, meus companheiros de luta!
Pois é depois de dois longos feriados estamos aqui de volta, já nos preparando para o próximo afinal falta pouquinho para dezembro e já é fim de ano,dai vem festas de natal e ano novo, e mais um ano vai se iniciar mais nós sabemos que pra nós portadores de Esclerose Multipla é só uma virada e que vai ser mais um ano de luta nesta nossa caminhada constânte pela qualidade de vida, então eu desejo a todos muita saúde e força pra continuar lutando e correndo atrás de seus sonhos.
O meu? O meu sonho?        SER MÃE.
Ainda não aconteceu mais tenho fé, e na hora que tiver que ser vai ser, e prometo relatar passo a passo desta nossa caminhada juntos ok.
Encontrei uma matéria interessante estou postando aqui pra que vocês tenham acesso se for do interesse de vocês segue o link para maiores averiguações.
Um abraço forte a todos!!!!

http://tratamentocomcelulastronco.com/index.php/experiencias-dos-pacientes-e-noticias/esclerose-multipla.html?gclid=CJaqvPL627MCFQkFnQodCzEAxw

Esclerose Múltipla

Pacientes tratados: mais de 200
Desde 2005, as células-tronco da Beike têm sido usadas no tratamento de mais de 200 pacientes com várias formas de esclerose múltipla, incluindo:
- Recidivante Remitente
- Progressiva secundária
- Progressiva recidivante
- Primária progressiva
Os sintomas mais recorrentes que afetam os pacientes que chegam até nós são: falta de equilíbrio, falta de força nos membros inferiores e superiores, problemas na fala, acuidade visual e fadiga. É importante notar que a Esclerose múltipla é uma doença progressiva e as células-tronco podem ajudar a tratar os sintomas. O tratamento não é uma cura, mas pode ajudar a retardar a progressão da doença e proporcionar melhorias na saúde e estabilidade. O intervalo de tempo entre o tratamento e momento em que os pacientes começam a perceber que as melhorias estão regredindo varia de paciente para paciente, mas pode ser tão rápido quanto dentro de um ano. Há também a possibilidade de mínima/nenhuma melhoria, e nós encorajamos os pacientes a manter expectativas realistas a respeito do tratamento. Pacientes que retornaram para o segundo e terceiro tratamento declararam que geralmente eles retornaram para o mesmo nível que eles estavam depois do primeiro tratamento.

Uma teoria recente sugeriu que a Esclerose múltipla pode ser causada por uma obstrução do fluxo de sangue do cérebro para o coração e não é uma doença de sintoma imunológico, mas estudos posteriores abalaram esta teoria e tratamentos que se concentram apenas no aumento do fluxo sanguíneo, que podem não ser eficazes na reparação de danos causados pela Esclerose múltipla.

(VALE A PENA LER).

Nenhum comentário:

Postar um comentário