Follow by Email

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

OLA MEUS QUERIDO SEGUIDORES GOSTARIA DE COMPARTILHAR COM VOCÊS ESTA MATÉRIA EU LI ACHEI SUPER BACANA QUEM SABE AJUDA OU ESCLAREÇA AS DUVIDAS DE ALGUÉM!

ESCLEROSE MÚLTIPLA e ISOLAMENTO SOCIAL
Isolamento social pode levar à produção de menos mielina, mostra estudo.
Com os resultados obtidos, os pesquisadores acreditam que a pesquisa pode ajudar no tratamento de pacientes com esclerose múltipla.


A mielina (em amarelo) ajuda na transmissão de impulsos nervosos. (iStockphoto)
Isolamento social por longos períodos pode levar a uma menor produção de mielina no cérebro de adultos, revela uma pesquisa publicada neste domingo na revista Nature Neuroscience. A bainha de mielina é uma espécie de camada que envolve as fibras nervosas com a função de acelerar os impulsos nervosos. Dessa forma, uma disfunção na produção de mielina faz com que os impulsos não sejam transmitidos de forma adequada e debilita as funções neurológicas.
CONHEÇA A PESQUISA
Título original: Impaired adult myelination in the prefrontal cortex of socially isolated mice
Onde foi divulgada: revista Nature Neuroscience
Quem fez: Jia Liu, Karen Dietz, Jacqueline M DeLoyht, Xiomara Pedre, Dipti Kelkar, Jasbir Kaur, Vincent Vialou, Mary Kay Lobo, David M Dietz, Eric J Nestler, Jeffrey Dupree & Patrizia Casaccia
Instituição: Universidade de Buffalo e da Mount Sinai School of Medicine
Resultado: Os pesquisadores isolaram camundongos por oito dias e depois mediram a atividade cerebral nos animais. Eles constataram que os roedores passaram a produzir menos mielina no córtex pré-frontal.
Cientistas da Universidade de Buffalo e da Mount Sinai School of Medicine, ambas nos Estados Unidos, isolaram por oito semanas camundongos, considerados animais altamente sociáveis, induzindo-os a um estado depressivo. Quando comparados a animais que continuaram em grupos, exames nos tecidos nervosos revelaram que os roedores antissociais passaram a produzir menos mielina na região do cérebro conhecida como córtex pré-frontal – responsável pelo comportamento emotivo e cognitivo.

Espera-se que um efeito semelhante ocorra no cérebro humano, mas para confirmá-lo novas pesquisas serão necessárias.

De acordo com os pesquisadores, os resultados são importantes porque ajudam a compreender a plasticidade cerebral em adultos. Já se conhecia que pouca interação social entre recém-nascidos e crianças podia levar a um desenvolvimento insuficiente de mielina, "mas não se sabe ao certo como essa forma de plasticidade afeta o cérebro de adultos", escrevem os autores.

Para a doutora Patrizia Casaccia, da Mount Sinai School of Medicine e uma das autoras do artigo, a pesquisa pode no futuro ajudar no tratamento de doenças graves relacionadas à falta de mielina no cérebro. "Em um paciente com esclerose múltipla, uma doença que tende a levar ao isolamento social, a mielina danificada precisa ser reparada. Portanto, a formação de nova mielina é muito importante", afirmou a pesquisadora ao site de VEJA. "Se o paciente for socialmente ativo e busque ver amigos com frequência, levando adiante uma vida cheia de coisas interessantes, então a mielina poderá ser formada e ajudar a reparar a camada danificada."

Outra autora da pesquisa, Karen Dietz, da Universidade de Buffalo, disse que os resultados "abrem uma nova avenida de investigação para entender como os distúrbios de mielina e humor se relacionam."

Após serem reinseridos em comunidades de camundongos, a produção de mielina nos roedores voltou aos níveis normais, o que sugere que os efeitos negativos do isolamento social podem ser revertidos.
FONTE: http://veja.abril.com.br/noticia/saude/isolamento-social-pode-levar-a-producao-de-menos-mielina-mostra-estudo

segunda-feira, 19 de novembro de 2012



Ola meus amigos, meus companheiros de luta!
Pois é depois de dois longos feriados estamos aqui de volta, já nos preparando para o próximo afinal falta pouquinho para dezembro e já é fim de ano,dai vem festas de natal e ano novo, e mais um ano vai se iniciar mais nós sabemos que pra nós portadores de Esclerose Multipla é só uma virada e que vai ser mais um ano de luta nesta nossa caminhada constânte pela qualidade de vida, então eu desejo a todos muita saúde e força pra continuar lutando e correndo atrás de seus sonhos.
O meu? O meu sonho?        SER MÃE.
Ainda não aconteceu mais tenho fé, e na hora que tiver que ser vai ser, e prometo relatar passo a passo desta nossa caminhada juntos ok.
Encontrei uma matéria interessante estou postando aqui pra que vocês tenham acesso se for do interesse de vocês segue o link para maiores averiguações.
Um abraço forte a todos!!!!

http://tratamentocomcelulastronco.com/index.php/experiencias-dos-pacientes-e-noticias/esclerose-multipla.html?gclid=CJaqvPL627MCFQkFnQodCzEAxw

Esclerose Múltipla

Pacientes tratados: mais de 200
Desde 2005, as células-tronco da Beike têm sido usadas no tratamento de mais de 200 pacientes com várias formas de esclerose múltipla, incluindo:
- Recidivante Remitente
- Progressiva secundária
- Progressiva recidivante
- Primária progressiva
Os sintomas mais recorrentes que afetam os pacientes que chegam até nós são: falta de equilíbrio, falta de força nos membros inferiores e superiores, problemas na fala, acuidade visual e fadiga. É importante notar que a Esclerose múltipla é uma doença progressiva e as células-tronco podem ajudar a tratar os sintomas. O tratamento não é uma cura, mas pode ajudar a retardar a progressão da doença e proporcionar melhorias na saúde e estabilidade. O intervalo de tempo entre o tratamento e momento em que os pacientes começam a perceber que as melhorias estão regredindo varia de paciente para paciente, mas pode ser tão rápido quanto dentro de um ano. Há também a possibilidade de mínima/nenhuma melhoria, e nós encorajamos os pacientes a manter expectativas realistas a respeito do tratamento. Pacientes que retornaram para o segundo e terceiro tratamento declararam que geralmente eles retornaram para o mesmo nível que eles estavam depois do primeiro tratamento.

Uma teoria recente sugeriu que a Esclerose múltipla pode ser causada por uma obstrução do fluxo de sangue do cérebro para o coração e não é uma doença de sintoma imunológico, mas estudos posteriores abalaram esta teoria e tratamentos que se concentram apenas no aumento do fluxo sanguíneo, que podem não ser eficazes na reparação de danos causados pela Esclerose múltipla.

(VALE A PENA LER).

domingo, 4 de novembro de 2012



Ei meus amigos !

E chega ao fim mais um feriado prolongado, espero que todos estejam bem viu! Porque eu estou ótima, fialmente choveu aqui em BH e deu uma refrescada depois de dias de calor intenso e insuportável, nós mereciamos.
Amanha tem curso pela manha, e depois tenho que terminar umas coisas que ainda estão pendentes sobre a minha empresa que estou montando, segue acima o meu cartão que o amor da minha vida criou pra mim, eu me apaixonei por ele, é lindo..........
Aproveitamos muito, descansamos,dormimos muito e fizemos muito amor, eu espero que nosso João venha desta vez, pois é não desisti de te-lo e a próposito ja se vão quase 7 meses que estou sem tomar a medicação da ESCLEROSE o INTERFERON não tenho sentido nada, nada mesmo e agora que estou sem tomar a medicação percebo que estou me sentindo tão bem tão disposta que tenho até medo de voltar a tomar,não sei se comentei com vocês.
Quando tomava o interferon tinha muitos efeitos colaterais, dor de cabeça, ficava como se estivesse resfriada, o corpo todo doia e ainda tinha o local de aplicação da injeção nossa este ficava em petição de miséria e olha que sou enfermeira formada então posso garantir que não era por má aplicação era porque a medicação fazia mal mesmo.
Pra vocês terem ideia quando tomava o interferon só pra rebater todos os efeitos eu ainda tinha que tomar mais 5 qualidades de medicção uma pra cada coisa que o rebif gerava, por isto não vou voltar a tomar enquanto não engrávidar e quando voltar vou questionar isto com o meu neurologista pra ver qual é a opinião dele quanto a tudo isso.
Mais no mais esta tudo em ordem, tudo caminhando ao sucesso, e que Deus continue abençoando para que permaneça assim ou melhore ainda mais.
Queria comentar com vocês minha amiga Viviane teve gemeas elas completaram 1 mes de vida, o pai delas na verdade é o portador da doença mais as meninas são saldaveis e lindas e isso fez tanto bem ao Daniel que foi como um sopro de vida para eles.Por isto desejo ter o meu quero mais um motivo dentre vários que eu já tenho pra continuar tendo força para viver e seguir sempre em frente.
A todos com muito carinho eu desejo uma ótima semana e nos encontramos ao longo dela ok.
Um abraço forte a todos .....